Atualidade

Crianças com estado pubertário mais avançado têm maior risco de alterações cardiometabólicas

05 Nov. 2019

O Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) divulgou um estudo, publicada no Journal of Adolescent Health, que revela que as crianças que apresentam um estado pubertário mais avançado estão em maior risco de desenvolverem obesidade e complicações cardiometabólicas.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

AVC e fatores de risco: quais as recomendações e desafios atuais
Prof. Doutor Daniel Caldeira, coordenador do Grupo de Estudos de Trombose e Plaquetas da Sociedade Portuguesa de Cardiologia
A identificação dos doentes é o principal desafio no tratamento da insuficiência cardíaca
Dr. Paulo Bettencourt, internista e coordenador do Núcleo de Estudos de Insuficiência Cardíaca

PUB

Apoio

Jaba RecordatiMylan