Entrevistas

Controlo das doenças cardiovasculares passa pela “mudança do estilo de vida” a longo prazo
Dr.ª Maria João Oliveira, Endocrinologia Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho
04 Dez. 2018

“A mudança do estilo de vida é muito importante. Não só a atividade física, mas também a criação de bons hábitos alimentares que devem persistir para toda a vida”. Este foi um dos conselhos dados pela Dr.ª Maria João Oliveira, durante a Reunião da Mylan. A melhor forma de o conseguir, afirmou, é privilegiando a dieta mediterrânea, reduzindo o consumo de gorduras saturadas e de alimentos processados e muito ricos em açúcar. Assista ao vídeo da entrevista ao My Cardiologia.

 

Fármacos antidislipidémicos: por que deveriam ser considerados “fármacos que prolongam a vida?”
Dr. Carlos Aguiar, Cardiologia Hospital de Santa Cruz
04 Dez. 2018

Uma das ideias-chave mais marcadas pelo Dr. Carlos Aguiar, durante a Reunião da Mylan, foi a de que “os fármacos antidislipidémicos são, na verdade, fármacos que prolongam a vida e assim deveriam ser classificados”. O facto de os doentes não interiorizarem que a medicação não serve somente para baixar os níveis de colesterol é, na opinião do especialista, um enorme entrave ao controlo da patologia. Assista ao vídeo da entrevista ao My Cardiologia.

 

Principais mensagens da Reunião da Mylan através da perspetiva dos especialistas de Medicina Geral e Familiar
Especialistas de Medicina Geral e Familiar
04 Dez. 2018

Os especialistas de Medicina Geral e Familiar (MGF) são, geralmente, o contacto mais direto com os doentes, pelo que são, muitas vezes, quem primeiramente diagnostica problemas cardiovasculares. Neste sentido, é importante que os mesmos estejam preparados para atuar, em especial, ao nível da prevenção. Como tal, os médicos de MGF foram os destinatários da Reunião da Mylan, que decorreu a 10 de novembro, no Troia Design Hotel. Em entrevista ao My Cardiologia, alguns dos especialistas foram desafiados a destacar os pontos altos do evento e a comentar a nova esperança no tratamento dos problemas cardiovasculares. Assista ao vídeo.

 

Doente cardiovascular deve ser primeiramente abordado “como pessoa” e de forma multidisciplinar
Dr.ª Ana Luísa Cardoso, psicóloga especialista em Psicologia Clínica e da Saúde
04 Dez. 2018

Ter em atenção o autoconceito do doente de saúde e doença, abordar o doente como pessoa e como um todo e assumir uma intervenção multidisciplinar. De acordo com a Dr.ª Ana Luísa Conduto, psicóloga, estas são algumas atitudes que devem estar presentes aquando da relação médico-doente, tendo como fim uma boa adesão à terapêutica. Em entrevista ao My Cardiologia, durante a reunião da Mylan, a especialista em Psicologia Clínica e da Saúde relembrou que “antes de serem doentes são pessoas”. Assista ao vídeo.

 

“Dislipidemia extraordinariamente silenciosa” faz com que o risco cardiovascular passe despercebido
Prof. Doutor Pedro Monteiro , Cardiologia Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
04 Dez. 2018

Em entrevista ao My Cardiologia, o Prof. Doutor Pedro Monteiro afirmou que a atual realidade, no que diz respeito à falha no controlo dos doentes cardiovasculares, deve-se a diversas razões. Como o especialista referiu, “a dislipidemia é extraordinariamente silenciosa”, o que pode fazer com que o risco cardiovascular passe despercebido, tanto da parte do próprio doente, como da parte dos profissionais de saúde que o acompanham. Assista ao vídeo.

 

O impacto da anemia na abordagem das doenças cardiovasculares
Dr. António Robalo Nunes, presidente do Anemia Working Group Portugal
20 Nov. 2018

A nível nacional, a problemática da anemia tem como raízes o subdiagnóstico, a falta de conhecimento e, por conseguinte, o subtratamento. Se não tratada, a anemia pode agravar outros problemas de saúde, tais como a insuficiência cardíaca. No âmbito do Dia da Anemia, que se assinala a 26 de novembro, o My Cardiologia conversou com o Dr. António Robalo Nunes, presidente do Anemia Working Group Portugal (AWGP), que sublinha o impacto da anemia no seio da Cardiologia. Assista ao vídeo.

Curso pré-Congresso SPCCTV 4D Visions 18 aborda o tratamento endovascular de aneurismas da aorta complexos
Dr. Gonçalo Cabral, comissão organizadora do Congresso SPCCTV-4D Visions 2018
15 Nov. 2018

O planeamento de próteses fenestradas para o tratamento de aneurismas da aorta complexos será o tema em foco num dos Cursos pré-Congresso SPCCTV 4D Visions 18, que vai contar com uma figura proeminente da Cirurgia Vascular com reconhecida proficiência nesta área, o Dr. Nilo Mosquera. Em entrevista ao My Cardiologia, o Dr. Gonçalo Cabral, membro da Comissão Organizadora do Congresso, explica os conteúdos programáticos que serão abordados nesta formação, salientando a sua importância para a prática clínica dos participantes. Assista ao vídeo.  

Congresso SPCCTV 4D Visions 18 alia “experiência dos cirurgiões seniores” ao “entusiasmo dos mais novos”
Dr. Álvaro Laranjeira Santos, Comissão Organizadora do Congresso SPCCTV-4D Visions 2018
13 Nov. 2018

O Congresso SPCCTV 4D Visions 18~pretende aliar a “experiência dos cirurgiões seniores” ao “entusiasmo dos mais novos”, que trazem “novas opções e estratégias cirúrgicas”. Quem o afirma é o Dr. Álvaro Laranjeira Santos, da Comissão Organizadora do Congresso, que, em entrevista, revela os objetivos traçados para esta edição da reunião, agendada para os dias 23 e 25 de novembro, no Algarve. Assista ao vídeo.

Cirurgia Torácica: a importância das equipas multidisciplinares na abordagem das doenças do tórax
Dr. Paulo Calvinho, cirurgião torácico no Hospital de Santa Marta
13 Nov. 2018

Conforme explica o Dr. Paulo Calvinho, cirurgião torácico no Hospital de Santa Marta, o programa de Cirurgia Torácica do Congresso da SPCCTV-4D Visions 2018 pretende alertar para a importância da multidisciplinariedade na abordagem e tratamento das doenças do tórax. É nesse sentido que os cirurgiões torácicos trabalham lado a lado com a Pneumologia, a Medicina de Reabilitação, a Medicina Nuclear, a Oncologia, os Cuidados Intensivos, a Anestesiologia, entre outras especialidades que vão estar representadas na reunião. Assista ao vídeo da entrevista.  

Cardiologia de Intervenção é a visão que se junta à edição de 2018 do Congresso SPCCTV 4D Visions
Dr. José Fernando Teixeira, presidente da SPCCTV
13 Nov. 2018

O Congresso SPCCTV 4D Visions aborda tradicionalmente as visões cardíaca, torácica e vascular da patologia cardiovascular, às quais se junta este ano a visão da Cardiologia de Intervenção. Assim, a Associação Portuguesa de Cardiologia de Intervenção (APIC) alinha com a Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular (SPCCTV) na organização da edição de 2018 do Congresso, que vai decorrer entre os dias 23 e 25 de novembro, no Algarve. Em entrevista, o Dr. José Fernando Teixeira, presidente da SPCCTV, explica as razões subjacentes à escolha da quarta dimensão eleita para ser abordada na reunião deste ano. Assista ao vídeo.

Newsletter

Agenda

Agenda

PUB

Apoio

AstrazenecaKRKAMerckPfizerRecordati

 

ServierTecnimedeViatrisVifor Pharma