Entrevistas

Formação de internato deve ser uniformizada na Europa
Prof. Doutor Lino Gonçalves
06 Nov. 2020

“É essencialmente para ajudar o interno a ser o mais completo possível e sem lacunas em termos de conhecimento e de treino com esta estrutura tão bem organizada.” Quem o diz é o Prof. Doutor Lino Gonçalves, diretor do Serviço de Cardiologia do CHUC, em entrevista à My Cardiologia, referindo-se ao mais recente documento da Sociedade Europeia de Cardiologia. Assista ao vídeo.

O congresso mais marcante da área cardiovascular em Portugal
Prof. Doutor Victor M. Gil
06 Nov. 2020

“Provavelmente o congresso mais marcante da área cardiovascular em Portugal que temos tido ao longo de vários anos”. Foi assim que o presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), Prof. Doutor Victor M. Gil, apresentou a edição deste ano do Congresso Português de Cardiologia (CPC2020), numa mensagem a todos os participantes. Assista ao vídeo.

O papel das teleconsultas na gestão das doenças crónicas
Dr. José Ferreira Santos
06 Nov. 2020

“A teleconsulta apareceu para dar resposta a situações como a ausência de um médico, ou a distância a que os doentes estavam do hospital. Hoje em dia, o foco está nas necessidades do doente”. Este é o ponto de vista do Dr. José Ferreira Santos, cardiologista do Hospital da Luz Lisboa, que falou ao My Cardiologia no contexto da sua intervenção no primeiro dia do CPC2020. Assista à entrevista.

SPCCTV 4DVisions: "Estamos muito otimistas quanto ao sucesso do Congresso"
Prof. Doutor Adelino Leite Moreira
03 Nov. 2020

“O Congresso deste ano da SPCCTV, que segue o lema e o formato introduzido há uns anos do 4DVisions, vai realizar-se num formato digital”. Quem o afirma é o presidente da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardiotorácica e Vascular (SPCCTV), Prof. Doutor Adelino Leite Moreira, em entrevista ao My Cardiologia. Veja o vídeo.

"A HPTEC é a única forma de hipertensão pulmonar potencialmente curável"
Dr. Rui Plácido
03 Nov. 2020

A hipertensão pulmonar tromboembólica crónica (HPTEC) integra o grupo 4 da classificação clínica de hipertensão pulmonar (HP), “juntamente com outras formas de obstrução vascular pulmonar, sendo causada pela transformação fibrótica de coágulos nas artérias pulmonares”, afirmou o Dr. Rui Plácido, que será um dos formadores do curso SIGA, promovido pela MSD Portugal e que arranca já no dia 7 de novembro. Em entrevista ao My Cardiologia, o assistente hospitalar de Cardiologia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (Hospital de Santa Maria) salientou que, “na ausência de tratamento adequado, a HPTEC tem um prognóstico muito desfavorável”. Não obstante, o especialista sublinha a mensagem que “a HPTEC é a única forma de hipertensão pulmonar potencialmente curável, pelo que se torna fundamental o diagnóstico precoce e a terapêutica adequada”.

A importância dos dados apresentados no ESC 2020 e na EASD 2020 do ensaio clínico DAPA-CKD
Dr. Francisco Araújo
03 Nov. 2020

À semelhança de outros especialistas nacionais, também o Dr. Francisco Araújo defende que o DAPA-CKD “é um estudo que vai marcar os próximos anos” da Medicina. Em entrevista ao My Cardiologia, o coordenador Departamento de Medicina Interna do Hospital Lusíadas Lisboa apresenta os quatro motivos para tal afirmação. Assista ao vídeo.

O que nos diz a evidência sobre a associação fenofibrato-estatina?
Dr. Carlos Aguiar
27 Out. 2020

“O tratamento da dislipidemia aterogénica em Portugal em 2020” foi o tema da palestra proferida pelo Dr. Carlos Aguiar, dividida em duas partes. Na primeira metade, o cardiologista do Hospital de Santa Cruz (CHLO) apresentou alguma da evidência que suporta a utilização da associação de fenofibrato com uma estatina, com enfoque nos dados do estudo ACCORD-Lipid e ACCORDION. Veja o vídeo resumo.

Prof. Doutor Alberto Zambon
Prof. Doutor Alberto Zambon
27 Out. 2020

O professor associado de Medicina na DIMED – Università Degli Studi di Padova (Itália), Prof. Doutor Alberto Zambon, marcou presença de forma virtual no XXVIII Congresso Português de Aterosclerose, para falar sobre o tema “How important are TGs for Residual CV Risk? The role of TG-Rich Lipoproteins”. Numa primeira fase da sua palestra, o orador deu a conhecer por que razão as lipoproteínas ricas em triglicéridos e o seu conteúdo devem ser consideradas partículas importantes no aparecimento de placas aterogénicas e consequente progressão de doença, contribuindo para o risco residual de doença cardiovascular. Assista ao resumo da apresentação.

Importância do colesterol não-HDL e da redução dos triglicéridos na prevenção de eventos cardiovasculares
Prof. Doutor Alberto Zambon
27 Out. 2020

“O que devemos fazer para termos uma visão mais ampla sobre as lipoproteínas aterogénicas?”. Esta foi a questão que serviu de ponto de partida para a segunda parte da apresentação do Prof. Doutor Alberto Zambon, durante a qual ficou patente que não basta ter valores de colesterol LDL dentro do alvo, é fundamental reduzir os níveis de triglicéridos para diminuir o risco de ocorrência de doenças cardiovasculares. Assista ao resumo das declarações.

Como atingir a otimização do controlo da dislipidemia aterogénica?
Dr. Alberto Mello e Silva, Prof. Doutor Alberto Zambon e Dr. Carlos Aguiar
27 Out. 2020

O simpósio “Dislipidemia Aterogénica: Redução dos Triglicéridos – Regresso ao Futuro?”, promovido pela Tecnimede no âmbito do XXVIII Congresso Português de Aterosclerose e moderado pelo Dr. Alberto Mello e Silva, culminou com um breve momento de perguntas e respostas, no qual os especialistas convidados, o Prof. Doutor Alberto Zambon e o Dr. Carlos Aguiar, falaram respetivamente sobre as mais-valias da caracterização genética dos doentes com dislipidemia aterogénica e o tratamento dos mesmos com associações de fármacos, nomeadamente em doses fixas, como a de fenofibrato e pravastatina. Assista ao resumo dos depoimentos.

Newsletter

Agenda

Agenda

PUB

Apoio

Boehringer | LillyKRKAMerckViatris

PfizerRecordatiServier