Entrevistas

IC: internamento é “momento-chave” para início/titulação de terapêutica modificadora de prognóstico e correção de ferropenia
Dr.ª Inês Araújo
05 maio 2022

Durante a tarde da III Reunião do Núcleo de Estudos de Insuficiência Cardíaca da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, decorreu uma sessão inteiramente dedicada à insuficiência cardíaca aguda que contou com a moderação do Dr. César Lourenço (Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada) e da Dr.ª Inês Araújo, coordenadora da Unidade de Insuficiência Cardíaca da Clínica de Insuficiência Cardíaca – Serviço de Medicina III do Hospital São Francisco Xavier. Em entrevista ao My Cardiologia, a internista realçou a importância de se aproveitar o internamento por insuficiência cardíaca (IC) para otimização da terapêutica modificadora de prognóstico e correção da deficiência de ferro com carboximaltose férrica, cujo “procedimento é relativamente rápido e seguro”. Saiba mais, assistindo às declarações em vídeo.

Patirómero, um “enabler” dos inibidores do sistema renina angiotensina aldosterona
Prof. Doutor José Silva Cardoso
05 maio 2022

O Prof. Doutor José Silva Cardoso foi um dos membros do painel de discussão da mesa “Novas Guidelines da ESC – O que há de novo na IC crónica?”, patrocinada em conjunto pela AstraZeneca e pela Vifor Pharma. Em entrevista ao My Cardiologia, o coordenador da Consulta de Insuficiência Cardíaca e Transplante do Hospital de São João (Porto) falou sobre as consequências negativas da hipercaliemia crónica a curto e longo prazo, e as vantagens da utilização de patirómero, não só na manutenção dos níveis de potássio, como na possibilidade de se introduzir e titular fármacos modificadores de prognóstico. Assista ao vídeo para conhecer os aspetos práticos destacados pelo médico relativamente à monitorização dos doentes.

Impacto e gestão da hipercaliemia associada a inibidores do SRAA com patirómero
Dr.ª Irene Marques
05 maio 2022

“Novas Guidelines da ESC – O que há de novo na IC crónica?” foi o tema da mesa que decorreu ao início da manhã de trabalhos e contou com a moderação do Dr. Estevão Pape (H. Garcia de Orta, Almada) e da Dr.ª Irene Marques (Centro Hospitalar Universitário do Porto). Por isso, no final da sessão, a My Cardiologia conversou com a coordenadora da clínica multidisciplinar de insuficiência cardíaca (GEstIC) sobre o impacto da hipercaliemia crónica associada aos inibidores do sistema renina-angiotensina-aldosterona e o papel dos “novos” captadores de potássio na gestão deste problema, com enfoque nas mais-valias do patirómero e nos aspetos práticos a considerar na utilização deste fármaco. Assista ao vídeo.

Doença hepática e cardiovascular: as consequências comuns relacionadas
Prof.ª Doutora Cristina Gavina
03 maio 2022

“A doença cardiovascular é a principal causa de morte associada à doença hepática”. Ter esta ideia em mente torna-se importante no momento da alteração do seu prognóstico, esclarece a Prof.ª Doutora Cristina Gavina, após a sessão “Doença cardiovascular causa ou consequência, que implicações?”, constituinte do Congresso Português de Hepatologia 2022, apresentada pela diretora do Serviço de Cardiologia no Hospital Pedro Hispano. Assista à entrevista.

Avançamos todos juntos para moldar o futuro da Cardiologia moderna
Profs. Doutores Lino Gonçalves e Sérgio Baptista
27 Abr. 2022

Após três dias de discussão e partilha de conhecimentos e experiências deu-se por terminada mais uma edição do Congresso Português de Cardiologia (CPC2022). Os Profs. Doutores Lino Gonçalves, presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), e Sérgio Baptista, presidente do evento, partilharam o seu testemunho sobre a reunião magna da especialidade, edição marcada pelo regresso presencial, pela abrangência e riqueza de temas e pela adesão massiva. Assista às entrevistas em vídeo.

Limitações no diagnóstico de doença coronária em Portugal
Prof. Doutor Nuno Bettencourt
27 Abr. 2022

O Congresso Português de Cardiologia 2022 presenciou um momento dedicado aos “Obstáculos de barreiras sistémicos à aplicação das guidelines europeias no nosso país”. O Prof. Doutor Nuno Bettencourt foi protagonista de um segmento dedicado ao diagnóstico de doença coronária. Em entrevista à My Cardiologia, o especialista partilhou os pontos-chave da sua intervenção.

Sociedade Portuguesa de Cardiologia: o motor da investigação em Portugal
Prof. Doutor Victor Gil
27 Abr. 2022

Para cumprir o sonho de a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) se tornar “o motor da investigação” em Portugal, foi criado o Centro Nacional de Coleção de Dados em Cardiologia (CNCDC), há 20 anos. “Esta história é antiga”, refere o Prof. Doutor Victor Gil, cardiologista no Hospital da Luz, no âmbito do CPC2022. Em entrevista à My Cardiologia, o especialista destaca que, a partir deste momento, começaram-se a realizar novos registos e “a sonhar outros projetos”. Assista ao seu depoimento.

Transformação tecnológica vai além fronteiras e especialidades, o olhar do Prof. Doutor Fausto Pinto
Prof. Doutor Fausto Pinto
27 Abr. 2022

A saúde digital é uma oportunidade para a melhoria dos cuidados de saúde, afirma o Prof. Doutor Fausto Pinto, presidente da World Heart Federation (WHF), no rescaldo da sua participação na sessão “Sessão Conjunta SPC/WHF - Saúde digital em doenças cardiovasculares: pronto para o horário nobre?”, onde esteve presente a representar a visão da WHF, na qualidade de moderador e palestrante. Assista ao vídeo da entrevista em My Cardiologia.

Chegou a hora de acreditar as Unidades de Reabilitação Cardíaca portuguesas
Prof.ª Doutora Ana Abreu
27 Abr. 2022

“Precisamos de promover a qualidade dos programas, de modo a conseguir os benefícios que podemos obter com os nossos doentes.” Para abordar a “Acreditação em Reabilitação Cardíaca pela EAPC; chegou a hora”, a Prof.ª Doutora Ana Abreu, do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, marcou presença na sessão sobre reabilitação cardíaca, no CPC2022. Em entrevista à My Cardiologia, a especialista destaca que tanto o número de centros como a sua qualidade são “insuficiente”. Assista ao depoimento.

Regurgitação aórtica assintomática: “A evidência científica não é muito robusta”
Prof. Doutor Francisco Sampaio
24 Abr. 2022

O Prof. Doutor Francisco Sampaio, cardiologista no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia, marcou presença em mais uma edição do CPC2022, no Centro de Congressos do Algarve. O especialista esteve presente na sessão “Desafios no diagnóstico e estratificação de risco na doença valvular”, na qual abordou a regurgitação aórtica assintomática. Veja o seu testemunho em vídeo para conhecer as conclusões partilhadas.

Newsletter

Agenda

Agenda

PUB

Apoio

AstrazenecaAzevedosCSL ViforKRKAMerck

 

PfizerRecordatiServierTecnimedeViatris