Entrevistas

Telemonitorização permite vigilância contínua de doentes com IC grave e "atuação precoce perante ameaça de descompensação"

04 Mar. 2019

O Centro Hospitalar de Lisboa Norte, polo Hospital de Santa Maria, tem implementado um projeto de telemonitorização de doentes com insuficiência cardíaca. De acordo com a Prof.ª Doutora Dulce Brito, coordenadora do projeto, a sua grande mais-valia reside no facto de permitir a "vigilância contínua de doentes com insuficiência cardíaca grave, possibilitando a actuação precoce perante ameaça de descompensação, evitando, assim, re-internamentos hospitalares". No entanto, existe ainda a dificuldade de gerir de forma diária as potenciais descompensações clínicas dos doentes. Leia a entrevista da especialista ao My Cardiologia.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Quanto mais cedo melhor: o exemplo da hipercolesterolemia familiar
Dr. Pedro Marques da Silva, internista do Hospital de Santa Marta
Os “novos” antidiabéticos na doença cardiovascular
Dr.ª Ana Margarida Monteiro, assistente hospitalar de Endocrinologia, Hospital de Braga

PUB

Apoio

Medinfar