Opinião

Ecocardiografia de esforço na criança
Prof. Doutor Carlos Cotrim, Hospital da Cruz Vermelha
26 Fev. 2019

O Hospital da Cruz Vermelha desenvolveu, nos últimos quatro anos, no seu Laboratório de Ecocardiografia, uma atividade crescente na área da ecocardiografia de sobrecarga com particular relevo para a ecocardiografia de esforço em tapete rolante. A utilização de ecocardiografia de sobrecarga no adulto é atualmente recomendada como exame de primeira linha no estudo do doente cardíaco pela Sociedade Europeia de Cardiologia.

 

Do enfarte agudo do miocárdio ao assumir da doença
Dr. Pedro Marques da Silva, internista e coordenador do Núcleo de Estudos de Prevenção e Risco Vascular
19 Fev. 2019

“Doutor, de repente, senti uma dor no peito, uma dor aguda, persistente… Durou muito tempo, um bom período da noite. A certa altura a pressão no peito era tão grande que julguei que ia morrer. Tentei não dar importância, até porque já tinha, de vez em quando, um ardor no peito, um formigueiro. Tentei andar, mas faltava-me força nas pernas, tive vontade de vomitar e deu-me uns suores muito frios e comecei a suar. Não é que eu seja medroso, mas fiquei muito preocupado. O coração mete-nos sempre medo. A minha mulher chamou logo o 112. Foi um enfarte do miocárdio. Agora o que mais me preocupa é que volte a acontecer, que torne a dar-me qualquer coisa.”

 

II Wetlab da Válvula Mitral CICC/SPCCTV em retrospetiva
Dr. André Antunes, secretário-geral do Clube Internos Cirurgia Cardíaca (CICC)
08 Jan. 2019

Decorreu no passado dia 10 de novembro de 2018, no Espaço Ethicon, em Lisboa, o II Wetlab Válvula Mitral organizado pelo Clube de Internos de Cirurgia Cardíaca (CICC) da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardiotorácica e Vascular (SPCCTV). Tratou-se de mais uma iniciativa deste clube, refletindo todo o seu dinamismo já lhe reconhecido, que teve a participação de mais de dois terços dos médicos internos de cirurgia cardíaca a nível nacional.

 

Os “novos” antidiabéticos na doença cardiovascular
Dr.ª Ana Margarida Monteiro, assistente hospitalar de Endocrinologia, Hospital de Braga
16 Out. 2018

As doenças cardiovasculares (DCV) são a principal causa de morte e morbilidade em doentes com diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Neste sentido, a diminuição dos eventos cardiovasculares (CV) constitui um imperativo clínico que deve ser priorizado de forma a reduzir mortes prematuras, a melhorar a qualidade de vida e a diminuir os custos individuais e médicos.

Quanto mais cedo melhor: o exemplo da hipercolesterolemia familiar
Dr. Pedro Marques da Silva, internista do Hospital de Santa Marta
03 Out. 2018

A aterosclerose é um processo complexo, variegado, em que lipoproteínas aterogénicas, mediadores inflamatórios e componentes hemostáticos interatuam para a formação e progressão de placas, que pode – a todo o momento – culminar na rotura e na erupção de um trombo, com as complicações potenciais clínicas que daí podem advir.

Newsletter

Opinião

Quanto mais cedo melhor: o exemplo da hipercolesterolemia familiar
Dr. Pedro Marques da Silva, internista do Hospital de Santa Marta
Os “novos” antidiabéticos na doença cardiovascular
Dr.ª Ana Margarida Monteiro, assistente hospitalar de Endocrinologia, Hospital de Braga

PUB

Apoio

Medinfar