Opinião

Dia Nacional do Doente Coronário: um tema de todos e para todos

11 Fev. 2020

As doenças cardiovasculares (DCV) continuam a ser a principal causa de morte em Portugal. Somos um país de sedentários, temos um número enorme de obesos e um em cada cinco adultos ainda fuma. Para além disso, cerca de 40% da população é hipertensa, dois terços têm colesterol elevado e há um milhão de portugueses com diabetes. Um cenário em que o caldo parece sempre pronto a entornar. Estes fatores de risco condicionam a progressão da aterosclerose, a doença em que o colesterol se acumula nas artérias, com risco de enfarte, acidente vascular cerebral (AVC) ou de má circulação periférica, com maior hipótese de amputação por exemplo. A aterosclerose gera custos pessoais, familiares e sociais muito elevados. Um estudo recente realizado mostra que os custos da doença são astronómicos: cerca de 1.900 milhões de euros que representam 1% do PIB ou 11% do total de despesas de saúde em Portugal.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

PUB

Apoio

Jaba RecordatiMylanServier