Opinião

Anticoagulantes na redução do risco de AVC associado à fibrilhação auricular

Dr. Gonçalo Proença Dr. Gonçalo Proença
19 Nov. 2020

A redução do risco de acidentes vasculares cerebrais (AVC), eventos graves e potencialmente fatais, faz-se, de forma geral, através do recurso aos anticoagulantes orais. Só os doentes com menos de 65 anos, sem doenças associadas e sem antecedentes relevantes podem ser dispensados desta medicação, pois nestes casos o risco cardioembólico é considerado muito baixo. Todos os outros devem ser medicados o mais precocemente possível.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Agenda

Agenda

PUB

Apoio

KRKAMerckMylanPfizerRecordatiServier